Lazer

O que fazer em Paraty: história, cultura, mar e mata atlântica.

A Baía de Paraty é um dos pontos mais bonitos do litoral brasileiro. Suas águas claras e calmas, cheias de peixinhos coloridos são um convite irrecusável a um bom mergulho. Este é sem dúvida um passeio que agrada a todos, de todas as idades e estilos.

Passeios de Barco

Num passeio de barco você irá passar por várias ilhas e praias, verá como a floresta da Mata Atlântica chega até o mar e ainda poderá ver golfinhos (com um pouco de sorte).
Como sou apaixonado pelo mar, temos 2 barcos, um para 9 pessoas e outro para 15. Um deles sou eu mesmo que guio, e tenho o maior prazer de mostrar pessoalmente os lugares lindos que conheci em meus quase 20 anos em Paraty.
Reserve o seu capitão e sua escolha de destinos diretamente na pousada.

Um passeio de barco na Baía de Paraty:

A cerca de meia hora de caminhada da Pousada para o centro histórico você vai chegar ao pequeno porto de Paraty. A baía oferece 62 ilhas, 320 praias e inúmeras belas baías. Organizamos o passeio de acordo com o desejo de nossos hóspedes, se para natação, mergulho, pesca, visitar praias, alimentando os peixes (não não, não se preocupe, ninguém vai ficar mareado!)

É só uma brincadeira de jogar migalhas de pão no mar e observar os peixes apanhando – como em casa no seu aquário. Com alguma sorte você verá mesmo golfinhos. Em algumas das ilhas e algumas das belas praias existem pequenos mas bons restaurantes, que preparam e oferecem deliciosos pratos frescos do mar.

Pode-se alugar os barcos para passeios de um dia, ou mesmo por hora. Claro, com isopor de gelo para suas próprias bebidas – mas especialmente para as Caipirinhas que faço, que muitas vezes são exageradas. A propósito: os limões usados, em boa parte do ano, você pode escolher em nosso jardim antes do passeio! “On the Rocks” qualquer pessoa pode fazer … “On the salva-vidas” só nós sabemos a forma de servi-los 🙂

Cachoeiras, Trilhas, Natureza e História

Caminho do Ouro

NIN_5871Nos tempos do Brasil Colônia um caminho feito de pedras servia de estrada para trazer o ouro extraído de Minas Gerais para Paraty, de onde era embarcado para o Rio de Janeiro e de lá para Portugal. Parte deste caminho ainda pode ser visto atravessando a mata atlântica. Ele está aberto para visitação, onde é possível fazer um deslumbrante passeio ecológico observando a bela e magnífica engenharia da época colonial. Belas cachoeiras, uma incrível vista da baía da Ilha Grande, e toda Mata atlântica preservada ao redor. Caminhar pelo caminho do ouro, outrora chamada de “trilha Guaianá”, é uma experiência inesquecível.

Poço do Tarzan

NIK_0906Logo acima do Tobogã (aproximadamente 100 metros) está essa grande piscina natural com águas transparentes. Cercada de vegetação nativa, possui um pequeno bar. Moradores do local saltam de uma altíssima pedra até o poço.
Localização: Estrada Paraty Cunha, 7,8 Km do trevo de Paraty. Ela fica ao lado da Igreja do Penha (local para estacionar).

 

Laranjeiras – Ponta da Foice

Belíssima trilha para se fazer de bike, passando por matas virgens até chegar no mar. Siga as orientações da Trilha Laranjeiras – Ponta da Foice. Deve-se levar a bike com o carro até o início da trilha.

Paraty-Mirim

DSC_9265Saindo do trevo de entrada de Paraty, localizado na BR-101 são 17,1 km de asfalto e 7,6 km de estrada de terra, que está sendo aos poucos pavimentada. A estrada de terra segue paralela ao rio Paraty-Mirim e termina na praia de mesmo nome, passando por algumas piscinas naturais. Veja as orientações para a praia de Paraty-Mirim.

Estrada do Rio Pequeno com cachoeira

É recomendável levar a bike de carro até o início da estrada de terra localizada a 14,7 km de Paraty. A partir daí basta seguir a estrada de terra que passará por várias cachoeiras e fazendas. Veja as orientações para a cachoeira do Rio Pequeno. Do asfalto até a cachoeira do Rio Pequeno são 3,2 km, mas a estrada de terra segue bastante para frente, transformando-se em trilha. 

Cachoeira Pedra Branca

NIK_0935Duas quedas d’água que terminam em piscinas naturais formam as cachoeiras da Pedra Branca. No local onde antigamente havia uma usina de força, há um bar com vista para a cachoeira. É bastante procurada por turistas. O proprietário da fazenda onde estão as cachoeiras cobra pequena taxa de ingresso, utilizada na manutenção e limpeza do local.
Localização: Estrada Paraty – Cunha, 3,5 Km do trecho de Paraty, entrar a direita na Ponte Branca e seguir mais uns 4 km.

Estrada da Pedra Branca com várias cachoeiras

Iniciando no trevo de entrada de Paraty, localizado na BR-101, são 5,7 km de asfalto e 6,0 km de estrada de terra até a cachoeira da Pedra Branca, com bastante subida. Passa por várias cachoeiras. Siga as orientações para a cachoeira da Pedra Branca.

Trilha para cachoeira da Melancia

Acesso pela estrada de terra que leva ao Sertão do Taquari, iniciando no km 551 da BR-101. O início da trilha se dá no Bar da Mata. O acesso se dá por bonita trilha de uma hora e quinze minutos (aproximadamente 3300 metros de subida) por dentro de vegetação nativa. Indispensável a presença de guia que pode ser arranjado no Bar da Mata.

Igreja e Museu Sacro Santa Rita

NIO_0740O museu foi fundado em 1978 com ajuda do Ministério de educação e cultura e funciona dentro da igreja histórica de Santa Rita, ao lado da antiga delegacia. Seu diversificado e precioso acervo compreende importantes relíquias histórico religiosas, encontradas e recolhidas de varias outras igrejas de Paraty.


Contato

Rua Dom Pedro I, nº439 - Praia do Jabaquara

Paraty - RJ

+55 24 3371-6550 / +55 24 99987-7527 WhatsApp

chalesuisso@yahoo.com.br

Copyright © 2016 Chalé Suiço Paraty - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio